Não sabe brincar, não desce pro play!


Google Buzz: a novidade do Google, incorporada ao Gmail


Durante uma pequena conferência de imprensa ocorrida na Califórnia, EUA (que teve streaming direto no YouTube), o Google anunciou ontem (09/02) o serviço Google Buzz. Segundo a empresa, esta é “uma nova maneira” de compartilhar informações no Gmail, e oferece opções como auto seguimento de seus contatos, integração de caixas de entrada, vídeos e fotos, além de opções que já foram vistas antes em outros serviços do gênero, como o botão “curtir”.

Este seria um Gmail mais dinâmico, que poderia competir diretamente com os serviços já existentes, como Twitter e Facebook. No Buzz, você poderá receber recomendações de informação dos seus contatos, e com o tempo, aprenderá a reconhecer as coisas que você gosta e as que não te agradam muito. O novo serviço também oferece integração com seu celular (iPhone e Android inicialmente; outras plataformas em um momento posterior). Quando se usa o Google Maps no seu telefone, você vai ver opções do Buzz, que vai te permitir ler comentários de pessoas que estão ao seu redor. Abaixo, o vídeo de demonstração do serviço.


Fonte

Na minha opnião, o Google Buzz é tudo aquilo que as pessoas pensavam que o Google Wave iria ser.
Com certeza ele veio para ficar e na minha opnião já é um forte concorrente do twitter.

Related Posts with Thumbnails

0 comentários para o post "Google Buzz: a novidade do Google, incorporada ao Gmail"

  1. Rê Brito em

    detestei ele com todas as minhas forças. Achei invasivo demais e acho que as pessoas terão medo de usar exatamente pela enorme propagação que poderá ter na lista de contatos daquela pessoa.
    Eu habilitei e desinstalei o meu em 5 minutos.

  2. Marcos Faria @FariaTF em

    Eu não diria um concorrente, mas sim aliado.
    Duvido que os que já se acostumaram com a praticidade e simplicidade do Twitter e seus 140 caracteres venham a trocá-lo por uma ferramenta tão complexa. Acho que o Buzz será mais aceito por usuários de redes como o Orkut e Facebook, já que são mais similares.

    Btw, gostei da ferramenta e mal espero para aprender mais sobre ela.